Pulitzer de Reportagem Fotográfica

Carolynne e Rich St. Pierre queriam documentar sua história para contá-la a quem vivesse um drama semelhante. Carolynne teve câncer e o último dos seus 45 anos de vida foram acompanhados, a pedido do casal, por uma dupla do Concord Monitor, Chelsea Conaboy e Preston Gannaway.
A série de reportagens, publicada até dezembro de 2007 – Carolynne morreu em 10 de fevereiro de 2007 mas a dupla acompanhou Rich e seus três filhos por mais alguns meses – rendeu a Preston o mais importante prêmio do jornalismo mundial, o Pulitzer, para reportagem fotográfica.

Rich St. Pierre, marido de Carolynne, perdeu a mãe ainda criança e se ressentia por não saber muito sobre ela. Quando o câncer foi diagnosticado, em 2004, a idéia de ter a morte de sua esposa documentada lhe fez acreditar que ajudaria seus filhos a conhecerem melhor a história da família. Foi quando entraram em contato com o jornal de Concord, em New Hampshire, e começou o longo relato desse drama americano.

Veja no link a reportagem REMEMBER me, em multimídia, e o site da fotógrafa, Preston Gannaway.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: