Posts Tagged ‘técnica’

Foto Inédita na Posse de Obama

22 de janeiro de 2009

chuckEssa foto, de Chuck Kennedy, foi primeira página de diversos jornais no mundo. Pela primeira vez em uma posse de presidente americano foi permitido instalar uma câmera fotográfica tão próxima da tribuna durante o swearing-in service, o juramento presidencial.

A história de sua preparação está na Poynter Online.

Chuck é fotógrafo do McClatchy-Tribune. Trabalha em Washington há 20 anos. Esta foi sua sexta cobertura de posse presidencial. Pelo seu portfólio na web dá para ver que está procurando momentos e cenas que não tornem as coberturas rotineiras enfadonhas. São agulhas no palheiro.
A foto da família Obama em frente à Casa Branca é uma destas cenas.

Instalar uma câmera para ser acionada por controle remoto não é novidade. Mas tratar desse planejamento não deixa de ser ousado e arriscado. A história de outra foto bem sucedida está no blog de fotografia do Estadão. Foi a feita por Jonne Roriz nas Olimpíadas, com o salto de ouro de Maurren Maggi, publicada abaixo.

Maurren

Estes são apenas exemplos  que não foram inventados agora, e que nos dias de hoje não precisamos necessariamente de nenhuma nova tecnologia para produzir trabalhos brilhantes. Mas se ainda assim a tivermos à disposição, sozinha ela não cria o extraordinário.

Anúncios

Voltando Para Todos os Lados

6 de janeiro de 2009

Foi promessa de uma apresentadora de tv: queria mudar a vida e dar uma guinada de 360 graus. Maldosos não quiseram entender tal mudança radical e riram com fastia.
Realmente, se ela fosse afeita a catetos e hipotenusas saberia que ia parar no mesmo lugar.

Sair de um lugar e ir para outro é questão de modo. O jeito de nos levar é fundamental. Assim é que a fotografia nos leva. E guinadas de 360 º, diferentemente da bela apresentadora, podem nos levar a muitos lugares de forma espetacular. Como nas imagens 360 e panorâmicas de alta definição.

Procurando formas de apresentar fotos na internet assisti a vários trabalhos destes. Um monte de gente produz coisas legais. O excelente blog de Alexandre Belém inclusive tratou do assunto essa semana.

Achei até um vídeo 360 sensacional: o carro vai andando e você gira a câmera para onde quiser.

duduEm São Paulo tem um cara chamado Dudu Tresca, que tem seu site br360 cheio de projetos, de comerciais a autorais, com uma visão pessoal, votado para pessoas e comportamento. Mesmo com as piruetas que a navegação promove, seu trabalho não é só uma guinada. Dudu se expressa em 360 º.

Ele começou há cerca de 8 anos e deve fazer seus trabalhos com certa agilidade. Softwares modernos, ponto nodal e pontos de controle fazem o serviço. É assim para todo mundo.
Depois vem o olhar diferente. Fotografia é assim.

A inspiração de Dudu vem dos trabalhos excepcionais do fotojornalista belga Mickael Therer, como o sobre a malária na África. Outros profissionais também usam a técnica no jornalismo.

Na primeira vez que vi um projeto como esse, há 3 anos, impliquei com a utilização em jornalismo por causa do excesso de tratamento que os projetos sofrem, inclusive fazendo o fotógrafo desaparecer. Continuo implicando com este sumiço de tripés e autores, mas entendendo melhor  o processo e acho que sua aplicação é muito interessante para a nova mídia que é a internet.

Concessões, sim – ou outra palavra. A gente vai se movendo. Sem tanta radicalidade em guinadas porque isso seria só força de expressão, como se usa por aí.

Fazer ações que “caminham paralelamente”, por exemplo, também não nos levam muito longe. Afinal, linhas paralelas nunca se encontram.

Links citados:
http://www.coolview.com.br

http://www.br360.com.br

http://www.walkingwithaids.info

http://www.fightingmalaria.info

http://www.cornflex.org

1/30000 de Segundo de Um Estouro, Uma Gota ou Um Tiro

3 de novembro de 2008

A Smashing Magazine costuma desejar aos seus leitores uma feliz semana com sua “Monday Inspiration Serie”. Para nós a homenagem veio já neste domingo, com o post Celebration of High-Speed Photography (link no nome e na foto abaixo, de Jeroen Rouwkema).

São imagens espetaculares, feitas com a técnica de altíssima velocidade, para congelar momentos precisos. Todas têm seus links de origem, onde se conhece quem as faz de forma científica, como o Edgerton Center, em Cambridge (EUA); e criativa, como a de Carolyn Rasmussen.

Aos interessados, naveguem até o final, onde a revista publica uma lista de sites relacionados à técnica e, no caminho, assistam a vídeos como esse aqui, com imagens capturadas a uma velocidade de até 12.000 quadros por segundo.

Dica Wired Tira o Brilho e Suaviza

7 de maio de 2008

Essa vem da incrível Wired, que juntou três coisas desagradáveis em uma foto só e ensina como amenizar olhos vermelhos, brilho no rosto e fundo confuso. Os dois primeiros são comuns quando usamos flash.
O artigo, na íntegra, está neste link.


A dica para suavizar o brilho no rosto é :
• Use a ferramenta Lasso, com o Feather para 12 pixels. Faça a demarcação ao redor da área com brilho, clicando para estabelecer pontos e feche o loop;
• Use Copy para copiar a seleção;
• No Layer menu, faça um novo Layer;
• Cole a seleção no novo Layer;
• Com a ferramenta Eyedropper, click na imagem uma amostra com o tom de pele que deseja;
• Use a ferramenta Paint Bucket para despejar esse tom de pele dentro da seleção uniformemente;
• Defina a Opacidade a zero e depois aumente devagar até que a área adquira a tonalidade desejada.

Não deu para fazer exatamente assim, talvez porque tenha usado o Photoshop CS e o exemplo seja para o Elements. Mas deu certo.

Aprendizado Para Narrativas Interativas

9 de fevereiro de 2008

Esse blog já deu a notícia, mas um amigo previdente me lembrou: termina dia 19 deste mês o prazo para inscrição no curso Digital Photo Editing: Print to Motion/Motion to Print, da Poynter Seminars, na Fórida. Se não der para pagar passagem, estadia e mais US$ 895, ao menos dá para saber do que eles devem tratar em vários sites americanos: multimeios e fotojornalismo na internet. Lugar comum para quem prega novidades na internet, mas sem ressonância no Brasil.

Desculpem se canso de dar exemplos. Aí vai outro: O Interactive Narratives reúne vários  áudio slides shows produzidos pela imprensa. A home deles não é atualizada há meses (exatamente desde novembro de 2006) mas eles não estão parados. Acho. Talvez eles sejam só muito ocupados e não consigam tempo para uma atividade que não lhes dá, ainda, retorno financeiro. Acontece com a gente.

Eles agora anunciam para breve o Interactive Narratives 2.0 e a parceria com a Online News Association. A home continua a mesma de 2006 mas incluíram 3 novos trabalhos: do New York Times, Chicago Tribunes e Naples Daily News. No site deles tem que clicar no link Most Recet Site Entries ou use os links acima.